Resenha: Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino

by - 15:50



Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é o mais novo lançamento da linha Crime Scene, que já publicou os livros Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado e BTK Profile: Máscara da Maldade. Killer Clown traz à tona um dos medos mais presentes no imaginário popular: um palhaço assassino implacável e monstruoso que aterrorizou os moradores de Chicago.

Quer saber mais? Confira a resenha de Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino!

"O palhaço Pennywise, de It: A Coisa, é apenas uma ficção macabra perto de Pogo, o alter ego de John Wayne Gacy. Cidadão modelo. Empresário de sucesso. Voluntário do hospital. Um dos assassinos em série mais sádicos de todos os tempos. Poucas pessoas podiam ver o monstro cruel sob a maquiagem colorida de palhaço que Gacy usava para entreter as crianças. Poucas pessoas podiam imaginar o que estava enterrado em sua casa de horrores.

Quando um adolescente desapareceu pouco antes do Natal de 1978, Gacy foi detido e uma equipe de investigadores foi enviada até sua casa com um mandado de busca. Enquanto vasculhavam o local procurando por pistas, toparam com indícios cada vez mais comprometedores e sinistros. O promotor do caso, Terry Sullivan, começava então a maior caçada de sua carreira.

Sullivan reconstruiu a investigação — de registros de violência no passado de Gacy à horrível descoberta de mais de trinta vítimas atribuídas ao assassino e ao chocante relato de testemunhas oculares — para levar o leitor ao centro de um julgamento e seus desdobramentos.

Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino, novo livro da linha Crime Scene®, da DarkSide® Books, traz detalhes de investigações e audiências de John Wayne Gacy pela voz de quem caçou e prendeu o assassino em série brutal. Capítulo a capítulo vemos o caso se desenrolar, e as duas faces de Gacy — a do empresário bem-sucedido que ainda encontrava tempo para se dedicar aos interesses da comunidade e aquela que os psiquiatras nomeados pelo tribunal pintaram em seu julgamento — se mesclarem. Raramente é possível fazer um retrato tão profundo e fiel de um monstro.

A história de Gacy veio à tona e perturbou profundamente os moradores de Chicago. Como confiar novamente nas figuras que os rodeavam? O julgamento foi repleto de depoimentos e conjecturas obscenas da defesa, mas terminou com Gacy condenado à morte. Ele aguardou a execução de sua sentença por catorze anos, e usou seu período de isolamento para pintar diversos quadros (palhaços, autorretratos, figuras religiosas e bastante polêmicas), muitos dos quais foram vendidos — outros tantos queimados."



FICHA TÉCNICA
Título: Killer Clown Profile
Autores: Terry Sullivan e Peter T. Maiken
Páginas: 416
Ano: 2019
Editora: DarkSide Books
Nota: 4 
Compre: Amazon
Comprando por esse link você ajuda e incentiva o Nostalgia Cinza
LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM A EDITORA
Não recomendado para menores de 18 anos



 Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é narrado por Terry Sullivan, um dos responsáveis pela investigação do caso do desaparecimento de um adolescente chamado Rob no final da década de 70 e promotor do célebre caso contra John Gacy. O que começou com uma leve suspeita de uma fuga adolescente acabou abrindo o caminho para a investigação de um dos mais sádicos assassinos e psicopatas dos Estados Unidos.

“Trata-se de um crime da vida real. Aqueles assassinatos não são ficção. Aconteceram de verdade. Esse caso sempre fará parte da história de Chicago e dos Estados Unidos. As pessoas sempre vão querer saber o que movia Gacy. Eu compreendo.” Página 362



O livro começa com uma narrativa diária, que acompanha as investigações passo a passo, desde a percepção da família de Rob de que algo estava errado quando o adolescente não apareceu em casa no jantar, até as descrições detalhadas a respeito dos procedimentos legais e processuais do caso. Um ponto que chama a atenção logo de cara é que o livro é narrado na ordem cronológica da investigação. Ou seja, o desaparecimento do adolescente é o fio condutor do restante da narrativa porque foi o primeiro crime que chamou a atenção dos investigadores e foi o que abriu caminho para todo o passado horrendo de John Gacy. O desaparecimento de Rob foi a primeira descoberta da polícia e da promotoria e seria o último assassinato de Killer Clown, como ficou conhecido.

Como o propósito do livro é mostrar aos leitores quem foram as pessoas por trás da investigação e descoberta de um dos maiores serial killers americanos, esse recurso narrativo ajuda a fazer com que entendamos o passo a passo da investigação e todas as nuances do processo como um todo. É uma maneira de fazer com que o leitor sinta um pouco o que os policiais sentiram, sem descobrir tanto antes de acompanhar de perto cada etapa.  




O livro daria um belo estudo de caso para interessados tanto na área da psicologia pela questão da complexidade da mente do assassino, quanto do direito. Isso porque o narrador, por ser o promotor do caso, se encarrega de explicar detalhes e nuances dos procedimentos, da escolha da polícia em determinados momentos, das implicações legais de determinadas ações e muito mais. Terry explica em detalhes o porquê de ter feito determinadas escolhas e deixa o leitor à par de como funciona a mente dos policiais e advogados durante uma investigação com tamanhas proporções. É extremamente interessante entender melhor o processo do julgamento e como funcionam algumas leis e procedimentos legais nos Estados Unidos, principalmente se tratando de um caso com tantas repercussões.

O livro é bem extenso, não apenas por suas mais de 400 páginas, mas por conta do conteúdo denso e minucioso trazido por Terry Sullivan. Não é um livro fácil de ler de uma vez apesar de ser bem interessante e enriquecedor. Principalmente na metade do livro é fácil acabar se perdendo em tantas informações e nomes, o que pode acabar desacelerando a leitura e tornando-a um pouco maçante. Entretanto, a partir do julgamento a narrativa se torna um pouco mais rápida e volta a ser envolvente.

“Quando, anos atrás, me sentei pela primeira vez com Peter Maiken para escrever Killer Clown Profile: Retrato de Um Assassino, eu não tinha bola de cristal. Não havia como olhar para o futuro e imaginar que, tanto tempo depois, ainda haveria interesse pelo caso. Entretanto, o fascínio por Gacy nunca cessou.” Página 362


Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é um perfeito exemplo de como a mente humana pode ser perversa e monstruosa. John Gacy, mesmo com algumas particularidades que se destacavam, era conhecido como um cidadão comum, um vizinho levemente incômodo, um pai como muitos, um chefe inconveniente, um homem normal. Mesmo já sabendo do desfecho, é extremamente desagradável e incômodo pensar que um homem tão sádico assassinou tantas pessoas de forma tão perversa. Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino ajuda a elucidar um caso que marcou época e mudou a forma a sensação de segurança que a população tinha até os anos 70, em Chicago.

Esse é outro ponto alto do livro, Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é uma forma de manter viva a memória das vítimas que não puderam escrever sua história. Também é uma maneira de dar destaque àqueles que ajudaram a tirar das ruas um maníaco implacável. O livro traz uma nova perspectiva ao caso e faz isso com muita riqueza de detalhes.


Confesso que por muitas vezes esperei que a temática do palhaço se fizesse mais presente na narrativa. Como não estava tão à par do caso, a caricatura de um palhaço assassino estava muito presente na minha mente durante toda a leitura. Entretanto, pouco se fala a respeito dessa faceta de John Gacy. A imagem do palhaço apenas aparece quando se comenta que ele trabalhava fantasiado de palhaço em alguns voluntariados dos quais fazia parte. A imagem do Killer Clown foi formada por causa da mídia, que se aproveitou desse lado de Gacy para pintar seu retrato perante a população.

Ao final do livro, após a narração do julgamento, Terry Sullivan compartilha uma coletânea de textos mais curtos que tratam sobre as consequências de ter trabalhado no caso, aprendizados, como a história de John Gacy o afetou e os desdobramentos de um caso que se tornou um verdadeiro cerco midiático na época. Terry viria a testemunhar, mesmo que de forma indireta, em outros casos famosos como o do assassinato da mãe, irmão e sobrinho de Jennifer Hudson e até mesmo o célebre caso de O.J. Simpson. Então poder ler os insights de uma pessoa tão experiente é um bônus gigantesco para todo leitor que se interessa por casos reais de assassinos em série.

Além disso, na edição brasileira, trazida pela DarkSide Books, temos uma Galeria Macabra, com uma lista de diversos palhaços importantes, seja para a cultura, seja para a própria construção da imagem dos palhaços que temos hoje. Separada em palhaços da ficção e palhaços da vida real, a Galeria Macabra traz o melhor do design da DarkSide, com ilustrações bem caricatas e fotos de ícones pop, e ajuda a fechar o livro da melhor forma possível. Além disso, essa Galeria também fala um pouco sobre a origem do palhaço e como sua faceta assassina passou a figurar no imaginário popular ao longo dos séculos.


Killer Clown Profile: Retrato de um Assassino é uma bela aquisição para os fãs de livros sobre psicopatas, serial killers e crimes que marcaram época. Um compilado extremamente completo de detalhes e informações, o livro também ajuda a entender melhor as investigações, os crimes brutais e a mente perversa de John Gacy. Um verdadeiro guia para os fãs do gênero.

E se você gostou do livro e quer conhecer outro título semelhante, confira a resenha de BTK: Máscara da Maldade!

“Processei John Gacy. Integrei a equipe que interrompeu a carreira de um dos assassinos em série mais mortais da história dos Estados Unidos. Embora sua execução tenha ajudado alguns a retomar a vida, outros jamais se recuperariam. Assim, concluí que olhar para trás era a única maneira de seguir em frente.” Página 362



E se você quiser ficar por dentro de tudo que rola aqui no Nostalgia Cinza em primeira mão e de um jeito bem simples e objetivo, então assine a newsletter! Prometo não encher sua caixa de entrada e ainda mandar conteúdos bem legais ;)

You May Also Like

2 comentários