Viajar para se encontrar

by - 11:09


Eu acho que entendo um pouco o clichê de que “viajo para me encontrar”. Essa frase tão batida faz tanto sentido quanto o prazer de viajar. Não é difícil entender essa sensação. Cada lugar novo te faz sair da rotina, te da uma nova perspectiva que você talvez não tivesse se ficasse para sempre no mesmo lugar.

Conhecer novas culturas te obriga a sair de si e buscar entender o outro, nem que seja por motivos puramente egoístas como pedir informações ou não querer passar vergonha. Você passa a exercitar o olhar e a escuta, a ver beleza em cada detalhe que, no seu lugar de origem, parece não ter a mesma magia.

Quando viajamos parece que até a boca se abre para novos sabores, como se cada momento fosse digno de degustação. O azul se torna mais forte, as ruas mais coloridas e cada passo ganha um significado impressionante. Não é à toa que viajar revigora, mesmo que você não pare para descansar um segundo.

Viajar é se encontrar em outro lugar.

É ficar atento às suas emoções, sensações e percepções. É ouvir melhor o que o corpo tem a dizer, o que a mente percebe e o que o coração grita no peito. Viajar é ser você mesmo e expressar quem você é.

Acredito que nos encontramos todos os dias, seja onde for, mas fazer isso durante um passeio diferente é permitir que esse encontro aconteça mais rápido, mais intensamente e ainda rende umas fotos memoráveis. Se eu me encontro em Oliveira ou em Veneza, em BH ou em Roma, tudo bem. O importante é não parar. Nunca.

E se você quiser ficar por dentro de tudo que rola aqui no Nostalgia Cinza em primeira mão e de um jeito bem simples e objetivo? Então assine a newsletter! Prometo não encher sua caixa de entrada e ainda mandar conteúdos bem legais ;)

You May Also Like

1 comentários

  1. São difíceis de surgir as oportunidades que tenho de viajar, mas tento guardar cada uma com carinho e permaneço sonhando com destinos para o futuro. Sair dos contornos do cotidiano é uma experiência incrível ♥
    O texto ficou adorável!

    ResponderExcluir